over

Brincando e aprendendo português, um projeto super bacana que não recebe apoio financeiro de nenhuma instituição governamental ou privada, dirigido e apoiado por mães que tem filhos em escolas japonesas e querem que os filhos aprendam o idioma e a cultura brasileira.

Eu sempre digo que se a primeira geração de imigrantes brasileiros quer deixar a sua marca neste país, tem que investir nas crianças. Ajustar os filhos a sociedade japonesa sem deixá-los esquecer as raízes é uma atitude de tirar o chapéu.

Sou definitivamente contra as escolas brasileiras aqui no Japão, pois creio que as crianças devem crescer dentro da sociedade em que elas vivem para entender a forma de pensamento, cultura e regras, para que possam ter estrutura para a vida adulta.

Quero parabenizar estas mães que estão criando a primeira geração de burajiru key nihonjin (é, a mudança de nacionalidade é uma realidade próxima) e tenham certeza que me lembrarei de vocês quando, num futuro não muito distante eu for atendido por um médico, policial, advogado ou qualquer outro que fale português. Quem já foi ao hospital nipo-brasileiro em São Paulo sabe o que estou falando.

Parabéns para todas vocês, mulheres com boa vontade e atitude!

P.S: Quase me esqueço de citar que a organização deste evento tem o dedo da nossa colaboradora Sueli Gushi.

P.S/2: Se você faz parte de algum grupo com projetos como este, entre em contato conosco. tvgenerica@gmail.com