MERC-1507P_298

Vou somente comentar alguns casos de opiniões e comentários de  pessoas que podem abalar o psicológico e até a vida das pessoas, porque alguns falam coisas sem conhecimento e sem pensar e acabam causando situações muito delicadas.

Há alguns anos atrás, quando ainda fazia hemodialise, fui visitar uma amiga minha em outra cidade com grande concentração de brasileiros, e conheci algumas pessoas no local.

Minha amiga tinha um local onde fazia os bentôs ( marmitas) pra entregar em fábricas, e também uma lanchonete pra atender no local.

Teve um instante em que fiquei conversando com um rapaz e um casal com uma criança que estavam no local e minha amiga foi fazer algumas coisas dentro da cozinha, quando o rapaz olhou para mim e começou a falar algumas coisas que não entendia, usar determinadas gírias que eu nem tinha idéia do que ele falava.

Pensei que ele estava brincando comigo e o casal olhou pra nós dois e o marido falou pra esposa que era melhor eles irem embora e foram rapidamente e eu sem entender nada.

Quando o casal se retirou o rapaz virou pra mim e perguntou:

– Você vai dizer que não está entendendo o que eu tô falando?

Respondi que realmente não sabia do que ele falava.

Ai ele apontou pro meu braço, no local onde eu tinha as marcas da hemodiálise, e falou:

– Eu  já tomei muito na veia, mas nunca fiquei com meu braço assim! Como você consegue se picar  tanto e deixar o braço deste jeito???

Ao que eu respondi:- Fazendo hemodiálise três vezes por semana!!!!!!!

O rapaz ficou compeltamente sem graça e só faltou me pedir perdão de joelhos, mas eu falei que tudo bem, deixasse pra lá.

Mas a verdade que aquilo ficou muito tempo na minha cabeça, e durante todo o tempo que fiz hemodiálise e entrava no trem e tinha de erguer meu braço pra segurar quando ficava de pé, morria de medo das pessoas olharem meu braço e pensarem a mesma coisa, acredito até que algumas  pessoas no meu lugar teriam usado mangas compridas pro resto da vida, mas graças a Deus não fiquei complexada até este ponto.

 

 

Atualmente , quando vou em determinados eventos, acabo voltando muito tarde e gosto de observar as pessoas que voltam comigo no trem.

Apesar da hora tardia, muitos trabalhadores voltando pra casa e entre eles muitas mulheres.

Engano de quem pensa que a grande maioria são pessoas que curtiram a noite, porque tem muita gente que trabalha até altas horas no Japão.

Em contrapartida, vejo pessoas em cadeiras de rodas, idosos, deficientes físicos e mentais nesses mesmos trens.

E o que observo é que as pessoas perfeitas, de plena saúde, estão sempre carrancudas, as vezes grosseiras ou embriagadas ( acabam o serviço e se acabam bebendo por ai antes de voltar pra casa, destruindo a própria saúde).

Em compensação os velhos, os deficientes físicos e mentais, estão sempre sorrindo, com um rosto iluminado e feliz.

Outro dia vi uma mocinha com graves sinais de paralisia cerebral, numa cadeira de rodas e sentada aoseu lado uma outra mocinha que a acompanhava. Apesar da sua deficiencia, a menina estava arrumadinha, brincava com um celular e as vezes levantava seu rostinho ( tinha traços bonitos) e olhava pra mim e sorria, num sorriso tão cheio de luz e pureza que me encantei com ela.

Devo salientar que eu consegui sentar perto dela porque era o único local vago no trem, apesar de ter gente de pé no vagão.

Atrás dela ficou uma mulher que a olhava com uma cara séria, mas que deduzi que pensava o que uma coitada daquela estava fazendo aquela hora no trem.

Parei o olhei em volta e pensei comigo mesma: – As pessoas tem mania de dizer que estes deficientes são coitados. Ela exala tanta felicidade e pureza enquanto as outra pessoas que estão com seu corpo perfeito só me passam má vontade, desalento, falta de motivação e rancor!

Acho que as pessoas deveriam parar e pensar mais : QUEM SERÁ O VERDADEIRO COITADO???

( Antes que façam comentários sobre os japoneses serem preconceituosos com relação aos deficientes, posso dizer que conheço muito brasileiro que também não se sentaria ao lado desta mocinha, porque morrem de medo de gente com estes problemas!!)